sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Carmen Lúcia Cala a Boca de Gilmar Mendes!

Boechat desafia ministro do STF Ao Vivo:"Vai me processar?" e critica o ...

TV JUSTIÇA – AO VIVO

                                Inocência!

    PT agora ameaça votar contra retorno de Aécio

A bancada do Partido dos Trabalhadores no Senado ensaia uma meia-volta. Duas semanas depois de aderir ao mutirão suprapartidário que se formou para restituir o mandato a Aécio Neves, os senadores petistas ameaçam votar contra o retorno do grão-tucano. Num universo de 81 senadores, o PT tem nove votos. Aécio precisa de pelo menos 41 aliados para prevalecer no plenário do Senado.
Em entrevista ao Jornal Nacional,  o senador petista Humberto Costa (PT-PE) declarou: “Eu vou defender na nossa bancada que nós votemos pela execução dessas sanções contra Aécio Neves —o afastamento do mandato principalmente. E eu acredito que será a tendência do voto do PT.”
A nova posição do PT, esboçada nas palavras de Humberto Costa, contrasta com o conteúdo de uma nota divulgada pela legenda há 15 dias. Nela, a Executiva Nacional do PT tachou de “esdrúxula” a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal que impôs sanções cautelares a Aécio, entre elas suspensão do mandato.
“Não existe a figura do afastamento do mandato por determinação judicial”, escrevera o PT em sua nota. “O Senado Federal precisa repelir essa violação de sua autonomia.” Estava decidido até então que os nove senadores petistas ajudariam a trazer Aécio de volta ao convívio dos seus pares. Mas o que parecia certo evapora rapidamente.
O petismo se reposiciona em cena a quatro dias da votação do caso Aécio, marcada para esta terça-feira (17). Se não faltar quórum, a sessão ocorrerá nas pegadas do julgamento em que o plenário do Supremo decidiu, por 6 votos a 5, que cabe às duas Casas do Legislativo dar a palavra final sobre eventuais punições cautelares impostas a parlamentares.
O PT cogitava socorrer Aécio porque há petistas com a corda no pescoço, a começar pela presidente nacional da legenda, Gleisi Hoffmann. O partido recua porque a ideia de estender a mão para o adversário tucano rendeu críticas internas e uma avalanche de ataques nas redes sociais. - # # #

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

                                   Sombra! 


Coordenador da Lava Jato ironiza STF: ‘Parlamentares sob suprema proteção’... 
O procurador Deltan Dallagnol ironizou na internet a decisão do Supremo Tribunal Federal sobre sanções cautelares contra deputados e senadores investigados: “Não surpeende que anos depois da Lava Jato os parlamentares continuem praticando crimes: estão sob suprema proteção”, escreveu o coordenado da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. Por 6 votos a 5, o Supremo decidiu que sanções que afetem “direta ou indiretamente” o exercício do mandato parlamenta...têm foro privilegiado, imunidades contra prisão e agora uma nova proteção: um escudo contra decisões do STF, dado pelo próprio STF”, acrescentou Deltan, antes de enaltecer o comportamento de ministros que ficaram vencidos no plenário do Supremo: “Fica o reconhecimento à minoria que vem adotando posturas consistentes e coerentes contra a corrupção, especialmente ministros Fachin e e Barroso.”

## ## ## - K D, OS VEREADORES QUE PODIAM TUDO E TUDO ESTAVA ERRADO, ESTÃO A ONDE? PROCURA-SE RECOMPENSA O RECONHECIMENTO DO POVO. - ## ## ##

# # # - Uma pergunta não quer calar? está U B S, está considerada pronta para todos os efeitos, o que impede dela está funcionando, o convênio com o governo federal é segundo informação formatado o convênio desde que o projeto é liberado concluída a obra o convêniuo já está feito e só dá inicio a prestação do serviço a comunidade tão carente e necessitada do serviço de saúde básica em nosso município, a sena se repete com uma diferença, está muito pior que antes, as coisas aqui na terrinha parece brincadeira ninguém leva a sério a coisa pública, a câmara municipal na sua grande maioria rezam na cartilha do prefeito, dizendo apenas o complemento da oraçãp amém, é uma pena o nosso país de ladrões que se faz através do voto comprado com o próprio dinheiro do povo para eleger assaltantes que mata em série, basta vê a grande quantidade de dinheiro roubado do povo através dos senadores que tem imunidade palarmentar? ou o direito de roubar sem ser punido, punição aqui neste país imoral politico corrupto pode vender o mandato aos empresários corruptores assim como eles compram o voto do eleitor descrente que acaba vendendo sua dignidade, como disse o saudoso Juca Chavés mede-se os ladrões do Brasil pelo presidente temer, tido pelo ministério público como formador de quadrilha, esse é o legado que o presidente temer vai deixar para os otário Brasileiros que não agem e ficam cada vez mais refém destes políticos que roubam a nação, e o supremo tribunal federal autoriza o senado a julgar o senador que foi pego com propina e ficou provado que o que ele fez contrariando toda ética moral da política Brasileira, Baraúna já teve nove legislatura, os prefeitos todos sem nenhuma exerção tiveram problema com a justiça, mais nenhum sofreu uma avé Maria de penitência, em Baraúna compença subtraír do erário público, os ex presidentes da câmara tem 90% que tiveram de devolver dinheiro aos cofres públicos por má gestão, em Baraúna essas coisas é normal. iniciar obra e não concluir, isso também não dá em nada, taí um exemplo, e temos outros que fazem parte de Baraúna o município que mais tem obras inacabadas, sem conclusão, mais não diga nada, isso pode lhe préjudicar, a justiça pode procesá-lo por crime de difamação, não temos acesso a coisa pública, sabe como é, justiça mesmo só para preto pobre e puta. o casalmento sonrisal está se repetindo, o melhor é fica de olho se não a vaca vai pro brejo de novo. - # # #    

## ## ## - A LEI DO CAPETA. - ## ## ##



Encha Suas Orações com as Promessas de Deus

Deus disse a Isaías, o profeta do Antigo Testamento “Relembre o passado para mim; vamos discutir a sua causa.” (Isaías 43:26 NVI). Você devia fazer o mesmo. Leve seu problema para Cristo e diga a ele, “O Senhor disse que me ajudaria. O Senhor pode?” Lembre ele das suas promessas. Encha suas orações com “O Senhor disse…”
“O Senhor disse que estaria comigo quando passasse pelas águas” (Isaías 43:2).
“O Senhor disse que me conduziria pelo vale.” (Salmo 23:4)
“O Senhor disse que nunca me deixaria nem me abandonaria.” (Hebreus 13:5)
Essas orações de fé ativam os anjos do céu. Sua resposta pode não vir de uma noite para outra, mas virá. E você sobressairá. A oração é essencial nesta guerra contínua. E o caminho para a paz é pavimentada por oração. Menos preocupação, mais oração. Menos pensamentos ansiosos, mais pensamentos cheios de súplicas. Na medida que você ora, a paz de Deus vai guardar o seu coração e a sua mente. E no final, o que poderia ser melhor?

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Aluízio Alves - Jingle "Trem da Esperança" (Eleições 1960 / Rio Grande d... TÚNEL DO TEM´PO # # #

Aluízio Alves - Jingle (Eleições 1960 / Rio Grande do Norte)

Sopra o vento forte

Ex-governador Geraldo Melo tem o nome sugerido nas redes sociais para a sucessão 2018
O vento forte, de Geraldo Melo, ocupou as redes sociais nos últimos dias, sinalizando que tem gente com saudade do “Tamborete”.
A música de uma campanha memorável, que levou Geraldo ao cargo de governador do Rio Grande do Norte nas eleições de 1986.
Geraldo, quando perguntado se deseja voltar a disputar eleições, ele não diz não, nem sim. Mas...
Com a escassez de bons nomes para a sucessão 2018 e grande parte dos políticos potiguares mergulhados no lamaçal da corrupção, o Tamborete pode visto como opção.
Verdade, ou não, o fato é que o vento forte está embalando as redes sociais.
“Sopra um vento forte no Rio Grande do Norte/
Que transforma o tempo e traz alegria/
Vento diferente que faz o meu povo/
Sonhar de novo como há muito não se via..”
Fundão Eleitoral!...

O partido de Marina Silva, Rede Sustentabilidade, decidiu questionar no Supremo Tribunal Federal as regras de autofinanciamento incluídas na reforma política na semana passada. Após a aprovação no Congresso e os vetos parciais definidos por Michel Temer, ficou estabelecido que os candidatos poderão financiar até 100% da própria campanha. O único limite será o teto estipulado para cada cargo. No caso de presidente da República, por exemplo, o limite será de R$ 70 milhões.
Para a Rede, o autofinanciamento ilimitado é inconstitucional, pois favorece os candidatos milionários, criando condições para a prática do abuso de poder econômico nas eleições. O partido deve se valer de um recurso chamado ação direta de inconstitucionalidade. A petição será protocolada no Supremo nesta quarta-feira.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Grito a favor das facções impulsionou Flávio

Com a ação absurda que pede muita de R$ 38 milhões ao Grupo Guararapes, o Ministério Público do Trabalho (MPT) conseguiu unir empresários e trabalhadores em defesa da geração de empregos. De brinde, ainda impulsionou o nome do empresário Flávio Rocha como alternativa para a política do RN.

Governo Federal emprega 635 mil pessoas


Por Robson Pires, em

No quesito contingente de funcionários, o governo Michel Temer ainda é o maior da História. Segundo o Painel Estatístico de Pessoal (PEP), do Ministério do Planejamento, que calcula em tempo real o tamanho e os gastos da máquina pública brasileira, 635.000 pessoas trabalham para o governo, neste momento do País, e a maior remuneração paga no Executivo Federal é de R$ 29,1 mil. O menor salário é R$ 1,4 mil.

Sessão Solene na Assembleia reforça luta pela inclusão às pessoas com deficiência

A Assembleia Legislativa promoveu nesta segunda-feira (25) sessão solene em alusão ao “Setembro Verde”, mês dedicado à luta pela inclusão da pessoa com deficiência. A solenidade, proposta pela deputada Márcia Maia (PSDB), homenageou seis potiguares com destacada atuação e representatividade da categoria no Rio Grande do Norte. Na oportunidade, a parlamentar reforçou a necessidade de políticas públicas de inclusão social.
“Erradicar a pobreza, a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais, é o que diz a Constituição Federal. Infelizmente, isso não é, nem de longe, uma premissa que podemos considerar realidade no país. O próprio RN é, proporcionalmente, um dos estados com o maior número de pessoas com deficiência por número de habitantes. Isso, por si só, é uma razão para que o Poder Público seja um agente da promoção de igualdade social”, disse Márcia Maia.
Em discurso, a deputada lembrou ações de seu mandato em favor da categoria, como o projeto de adequação da acessibilidade na sede da Assembleia Legislativa e a aprovação do Passe Livre Estadual para a Pessoa com Deficiência, “uma luta que abracei muitos anos atrás e que teve vitória neste plenário. Enquanto parlamentar, tenho tentado fazer do nosso mandato nesta Casa, uma caixa de ressonância das necessidades, da voz do cidadão”, falou ela.

                     # # # --- Rejeição! --- # # # 


Câmara concluirá reforma política e discutirá denúncia contra Temer esta semana 

As sessões do plenário estão marcadas para começar a partir das 11h30 de terça-feira (26). Para começar a tramitação na Câmara, a denúncia entregue na noite da quinta-feira precisa ser lida no plenário em sessão com quórum de pelo menos 51 deputado

As sessões do plenário estão marcadas para começar a partir das 11h30 de terça-feira (26).
Da Agência Brasil
O recebimento da denúncia contra o presidente Michel Temer pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça e a conclusão dos debates da reforma política dominarão a pauta da Câmara dos Deputados nesta semana. As sessões do plenário estão marcadas para começar a partir das 11h30 de terça-feira (26).
Até o momento, não há definição se a Câmara dividirá a denúncia e fará análises separadas. Isso porque a acusação do Ministério Público Federal também envolve os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco.
“O entendimento, a Secretaria-Geral da Mesa trará com solidez. A primeira impressão é de que é sim possível haver essa análise conjunta, e a solução que for dada pela Câmara dos Deputados terá acompanhada a questão dos ministros. A autorização da Câmara, é focada, no meu entender, na responsabilidade do presidente. Os ministros já podem ser investigados pelo Supremo Tribunal Federal”, disse o líder do DEM, deputado Efraim Filho.
Para começar a tramitação na Câmara, a denúncia entregue na noite da quinta-feira (21) precisa ser lida no plenário em sessão com quórum de pelo menos 51 deputados. Segundo o regimento interno, lida a denúncia, cabe ao primeiro-secretário da Câmara, deputado Giacobo (PR-PR) comunicar ao presidente Temer sobre o recebimento da denúncia. Paralelamente, a peça segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
A expectativa do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) é de que a votação no plenário aconteça no início de outubro. A expectativa do parlamentar é decidir sobre a denúncia “o mais rápido possível, mas respeitado o regimento”.
Prazo
O presidente Michel Temer tem até dez sessões para apresentar a defesa na CCJ. Enquanto apresenta a defesa, o presidente da CCJ, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), deverá definir o relator da proposição. Após apresentação da defesa, a CCJ tem até cinco sessões para elaborar e votar o parecer, que poderá ser pela aceitação ou pelo arquivamento da denúncia. Independentemente da decisão da Comissão, a decisão final sobre a abertura de investigação contra o presidente da República cabe ao plenário da Câmara.
Para que seja autorizada a abertura da investigação, são necessários os votos favoráveis de pelo menos 342 deputados. Se esse placar não for atingido, a denúncia será arquivada até o final do mandato do presidente Temer. A necessidade de autorização prévia para processar o presidente da República está prevista no artigo 86 da Constituição.
Essa é a segunda vez que o presidente Temer é denunciado. Em agosto, o plenário da Câmara rejeitou a denúncia por corrupção passiva. Nessa situação, o processo é suspenso e só pode ser retomado depois que Temer deixar a Presidência da República.
Reforma Política
Além da denúncia contra Michel Temer, a Câmara pretende concluir as análises sobre reforma eleitoral. Após uma sessão tumultuada, deputados não conseguiram concluir a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 282/16, que prevê a proibição das coligações em eleições proporcionais (de deputados e vereadores) a partir de 2020, além de estabelecer critérios para acesso ao Fundo Partidário e ao tempo para propaganda em rádio e TV. A matéria está pautada para análise do plenário na quarta-feira (27).
A PEC 282/16 já foi aprovada em dois turnos na Casa, mas ainda depende da apreciação de três destaques para que a tramitação da proposta seja concluída na Câmara. Em seguida, a matéria segue para apreciação do Senado, onde também precisará ser discutida em dois turnos. Para que as alterações sejam válidas nas eleições de 2018, a PEC precisa ser aprovada até 7 de outubro.
A PEC estabelece adoção de uma cláusula de desempenho para que os partidos só tenham acesso aos recursos do Fundo Partidário e ao tempo de propaganda na rádio e na TV se atingirem um patamar mínimo de candidatos eleitos em todo o país. Os pontos já foram aprovados nos dois turnos de votação e não poderão ser novamente discutidos na próxima sessão sobre o tema.
A cláusula de desempenho prevê que, a partir de 2030, somente os partidos que obtiverem no mínimo 3% dos votos válidos, distribuídos em pelo menos um terço dos estados, terão direito aos recursos do Fundo Partidário. Para terem acesso ao benefício, os partidos também deverão ter elegido pelo menos 15 deputados federais distribuídos em pelo menos um terço dos estados.
O mesmo critério será adotado para definir o acesso dos partidos à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. A mudança, no entanto, será gradual, começando pelo piso de 1,5% dos votos válidos e 9 deputados federais eleitos nas eleições de 2018, chegando a 2% e 11 deputados eleitos em 2022, a 2,5% e 13 eleitos em 2026, até alcançar o índice permanente de 3% e 15 eleitos em 2030.
Financiamento de Campanhas
A Câmara pode voltar a discutir, além da PEC, a criação de um fundo público para o financiamento de campanhas. O tema polêmico já foi rejeitado em votação de outra PEC (77/03). No entanto, outro dispositivo pode resgatar o instrumento para debate nesta semana. O Projeto de Lei 8612/17 teve requerimento de urgência aprovado e, portanto, não precisará cumprir os prazos regimentais para análise do plenário.
Além de reabrir a possibilidade de criação de um fundo público para financiamento, o PL 8612/17 regulamenta a forma de arrecadação de doação de pessoas físicas e os limites para gastos com campanha já nas eleições em 2018, para cada cargo em disputa. Além de definir regras como horário de divulgação de propaganda eleitoral, campanha na internet, incorporação no texto legal da proibição de doações de pessoas jurídicas, criação de outras formas de arrecadação de doações de pessoas físicas, pesquisas eleitorais e participações em debates.
Em meio às dificuldades de avançar o tema na Câmara, os senadores também discutem mecanismos de alterar o sistema de financiamento de campanhas. No Senado, os parlamentares discutem a construção de um novo texto substituindo o Projeto de Lei do Senado 206/2017, que cria um fundo eleitoral.
Ainda sem consenso quanto à fonte dos recursos, a matéria prevê o fim da propaganda partidária de rádio e televisão em anos ímpares (quando não há eleições) e o repasse de 50% das emendas impositivas de bancadas para a constituição do fundo. A discussão do assunto também estará na pauta da semana do Senado.

# # # --- GRUPO ARAUTOS DO EVANGELHO, SEMEANDO A SANTA PALAVRA DE DEUS ONDE A IGREJA NÃO ALCANÇA. --- # # #

# # # --- O PREGADOR, ALÉM DE SÁBIO, AINDA ENSINOU AO POVO O CONHECIMENTO: E, ATENTANDO E ESQUADRINHANDO COMPÔS MUITOS PROVÉRBIOS. --- # # # 

domingo, 24 de setembro de 2017

Falta pouco, Lula Por Robson Pires, emNotas Há duas frentes abertas contra Lula em Curitiba, segundo o Estadão: “uma para apurar fraudes e corrupção em negócios do setor petroquímico relacionados à Braskem e outra, a mais avançada, para investigar doações ao Instituto Lula e pagamentos por palestras via Lils Palestras, Comunicação e Eventos. No caso dos benefícios para a Braskem, empresa que tem Odebrecht e Petrobrás como maiores acionistas, são investigados também Dilma Rousseff, Guido Mantega e Antonio Palocci”.

Flávio Rocha ganha mídia em queda de braço com o MPT

O empresário Flávio Rocha, do grupo Guararapes, está cada vez ganhando mais mídia, devido à queda de braço com o Ministério Público do Trabalho (MPT). Ele aparece como grande gerador de empregos no Rio Grande do Norte, fato que poderá projetá-lo politicamente para 2018.
# # # TEM CARA DE GOVERNADOR. - # # #

PT só expulsa corrupto que delatar esquemas Por Robson Pires, emNotas A postura do PT diante de escândalos de corrupção é seletiva. O Partido protege o ex-presidente Lula, Dirceu, Genoíno, Vaccari, João Paulo Cunha, Gleisi Hoffman e demais membros da casta alta envolvidos em escândalos de corrupção. Já o senador Delcídio Amaral e o ex-ministro Antônio Palocci, que confessaram os crimes e delataram ex-companheiros, não contam com a regalia. Amaral saiu para não enfrentar a Comissão de Ética da sigla. Já Palocci enfrenta processo de expulsão.

     # # # - Vista para o insondável!... # # # 

sábado, 23 de setembro de 2017

Publicado por Robson Pires na categoria Notas Maia sinaliza que não deve fatiar denúncia contra Temer e ministros De forma reservada, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sinalizou que não deve fatiar a nova denúncia contra o presidente Michel Temer, ou seja, separar as acusações contra os ministros também denunciados. Maia fez a avaliação depois que técnicos da área jurídica da própria Câmara passaram a avaliar o fatiamento da denúncia, separando os os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Temer é acusado de organização criminosa e obstrução de Justiça. Moreira e Padilha, de organização criminosa. Assim como no caso do presidente da República, o Supremo Tribunal Federal só poderá analisar a denúncia contra os ministros se a Câmara autorizar. A possibilidade de dividir a denúncia e fazer análises separadas foi aventada pelos parlamentares logo após a Câmara receber do STF a acusação, na noite de quinta-feira (21). Mas a decisão final é do próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Perguntado por interlocutores, Maia tem dito que não há dúvida sobre isso. Por Gerson Camarotti

                       # # # --- Insônia! --- # # # 


"É bom que guardes isto, e que não negligencies aquilo: porque aquele que teme a Deus, realizará uma e outra coisa."

# # # -- GRUPO ARAUTOS DO EVANGELHO SEMEANDO A SANTA PALAVRA DE DEUS, CELEBRAÇÃO NA RESIDÊNCIA DE DIDI CESÁRIO E VANDA,- - - FOTO DO DIA. - - -  HOJE O GRUPO ESTARÁ CELEBRANDO NO CENTRO DE EVANGELIZAÇÃO DO SETOR SÃO PEDRO NA RUA AMAURI RIBEIRO, CONTAMOS COM SUA PRESENÇA, NOS DIZ O APÓSTOLO PAULO A ONDE ABUNDOU O PECADO, SUPERABUNDOU A GRAÇA... - - - # # #

"E quando ele estava prestes a morrer sob os golpes, exclamou entre suspiros: O Senhor que possui a ciência santíssima o vê: podendo eu livrar-me da morte, sofro em meu corpo os tormentos cruéis dos açoites, mas os suporto com alma alegre porque é a ele que temo. 31.Dessa maneira passou à outra vida, deixando com sua morte não somente aos jovens, mas também a toda a sua gente, um exemplo de coragem e um memorial de "Havia também sete irmãos que foram um dia presos com sua mãe, e que o rei por meio de golpes de azorrage e de nervos de boi, quis coagir a comerem a proibida carne de porco. 2.Um dentre eles tomou a palavra e falou assim em nome de todos. Que nos pretendes perguntar e saber de nós? Estamos prontos a morrer antes de violar as leis de nossos pais." II Macabeus, 7 -

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

                   Janot diz que não é penetra


De camisa polo e com visual despojado, Rodrigo Janot parece alheio ao bombardeio que vem recebe
ndo há meses. O mineiro, de Belo Horizonte, deixou o posto de procurador-geral da República no mais conturbado momento de seus 33 anos de carreira.
Até a transmissão de cargo à sucessora, Raquel Dodge, foi controversa: Janot não compareceu à cerimônia de posse. Na entrevista exclusiva ao Correio, Janot explica a ausência: “Quem vai em festa sem convite é penetra”

# # # -- AGORA O POVO SE QUIZER PODE FAZER AS MUDANÇAS COM SEU VOTO, ESTÁVAMOS SUJEITOS A VOTAR NA LISTA FECHADA E ELEGER BANDIDO SEM SE QUER SABER EM QUEM ESTAVA VOTANDO... Câmara enterra o 'distritão' A Câmara dos Deputados rejeitou o trecho da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estabelecia o voto majoritário (conhecido como distritão) para as eleições de 2018 e 2020 e, a partir de 2022, criava o sistema distrital misto, que combina voto majoritário e voto em lista preordenada pelos partidos nas eleições proporcionais. Pelo sistema distrital misto, o eleitor votaria duas vezes: ... Leia mais,


# # # - NÃO ENTENDO ESSA HERMENEUTICA, UM LEGISLADOR QUE CONDENADO DEVIA ESTAR NA CADEIA ESTÁ LEGISLANDO CERTAMENTE A CAUSA PRÓPRIA, ESSA MEDIDA JURIDICA É UMA GARANTIA DA IMPUNIDADE, DÚVIDO UM LADRÃO DE GALINHA COM ESSE TIPO DE DIREITO. -- # # #

Deputado Dibson e sua tornozeleira eletrônica serão exibidos pela Globo

Deputado Dibson Lisboa foi condenado por crime de improbidade, mesmo assim, continua exercendo o mandato com tornozeleira eletrônica
O deputado estadual Dibson Lisboa (PSD) será destaque no “Profissão Repórter”, da Rede Globo, desta quarta-feira (20). Destaque negativo, que se diga.
O líder do governo na Assembleia Legislativa será apresentado ao Brasil com a tornozeleira eletrônica, que ele usa por decisão da Justiça, como pena alternativa para o crime de improbidade administrativa, cometido quando era prefeito de Goianinha.
... Leia mais

RN precisa de mais de R$ 100 milhões amenizar falta de água

Ministro Hélder Barbalho recebeu em audiência o governador Robinson Faria e a comitiva do Rio Grande do Norte
O governador Robinson Faria (PSD) e a bancada federal do Rio Grande do Norte se reuniram nesta quarta-feira (20) em Brasília com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, para discutir ações de convivência com a seca. A comitiva potiguar solicitou a liberação de recursos para reforçar abastecimento de água para 600 mil pessoas.
Robinson voltou a apresentar os estudos técnic... Leia mais

Josias de Souza | Dúvida no PT: se Lula ficar de fora?

# # # - O HOMEM SE ALEGRA EM DÁ REPOSTA ADEQUADA, E A PALAVRA A SEU TEMPO, QUÃO É! O SENHOR DEITAR POR TERRA A CASA DOS SOBERBOS, CONTUDO MANTÊM A HERANÇA DA VIÚVA. -- PROVÉRBIO 15: VERSOS 23, E 25 -- E 27 -- # # # O QUE É ÁVIDO POR LUCRO DESONESTO, TRANSTORNA A SUA CASA, MAIS O QUE ODEIA O SUBORNO ESSE VIVERÁ. -- # # ## # #

Exército: intervenção militar tem aval constitucional sob iminência de caos

O general Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército, informou que não cogita punir o também general Antonio Hamilton Mourão por ter defendido uma “intervenção militar” caso o Judiciário não resolva o problema da corrupção. Elogiou o subordinado: “O Mourão é um grande soldado, uma figura fantástica, um gauchão…”. Tentou virar a página: “É uma questão que já consideramos resolvida internamente.” Mas inaugurou um novo capítulo da polêmica ao declarar que a Constituição concede às Forças Armadas “um mandato” para intervir se houver no país “a iminência de um caos.”

terça-feira, 19 de setembro de 2017

# # # - FOTO DO DIA, GRUPO ARAUTOS DO EVANGELHO SEMEANDO A SANTA PALAVRA DE DEUS ONDE A IGREJA NÃO ALCANSA, CELEBRAÇÃO ANTES DE ONTEM NA RESIDÊNCIA DE DONA MARIA VITAL . - # # #


Vereador faz graves acusações contra o prefeito Carlos Eduardo

Cícero: 'Ou nós vamos nos unir para acabar com isso, com essa roubalheira crônica, ou vamos morrer num discurso demagogo'
A notícia é do Blog do FM, do jornalista e publicitário Flávio Marinho, sobre o contundente pronunciamento do vereador Cícero Martins, que faz acusações graves ao prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), falando de extorsão, “compra de vereadores”, entre outras.
VEJA PRONUNCIAMENTO NO VÍDEO ABAIXO
Diante de um Plenário estupefato com o teor de seu pronunciamento, o veread... Leia mais

Cícero Martins denuncia irregularidades na gestão de Carlos Eduardo



MPRN ajuíza a primeira ação da Operação Anarriê, em Mossoró

Fafá Rosado governou Mossoró entre os anos de 2005 a 2012
A 11ª Promotoria de Justiça de Mossoró, ajuizou ação civil pública de responsabilização por ato de improbidade em desfavor da ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB), por supostas irregularidades em processo licitatório para contratação de serviços de agenciamento de atrações musicais para o Mossoró Cidade Junina 2007.
A ação deriva da Operaç&at... Leia mais


        Emergência renovada


Na região do Seridó a estiagem prolongada afetou a produção agropecuária
Pela nova vez seguida o Governo do Estado do Rio Grande do Norte renova a situação de emergência em 153 municípios, por consequência da seca prolongada.
O novo decreto foi publicado na edição de hoje (19) do Diário Oficial do Estado (VEJA AQUI).
Segundo o d... Leia mais

Operação Anteros: PGR denuncia o governador Robinson Faria

Governador Robinson Faria foi denunciado com base na delação premiada de Rita das Mercês
A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou o governador Robinson Faria (PSD), em processo que apura desvio de recursos da Assembleia Legislativa. A denúncia deriva das operações Dama de Espadas e Anteros, que levou para cadeia assessores e ex-assessores de Robinson (VEJA AQUI).
A denúncia que está no gabinete do ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ainda vai passar pela apreciação da Corte Especial. Não há data prevista para isso.
Se a denúncia for aceita, o governador se tornará réu.
Além do governador, foram denunciados os servidores  Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis, o popular “Zé Bonitinho”, todos da confiança de Robinson, e que foram presos na Operação Anteros, detonada pela Polícia Federal no dia 15 de agosto.
Na operação, Robinson foi alvo de mandados de busca e apreensão.
A operação Anteros apurou supostas manobras ilegais por parte de Robinson Faria e de servidores do governo potiguar para impedir investigações sobre os desvios na Assembleia Legislativa
Os dois são suspeitos de tentar comprar o silêncio da ex-procuradora da assembleia, Rita das Mercês, a mando do governador. O objetivo seria impedir que ela firmasse acordo de delação premiada com o Ministério Público Estadual (MPRN)para denunciar os desvios de recursos, mas a ex-procuradora não cedeu e firmou acordo de delação com o Ministério Público Federal (MPF).
Rita e seu filho, Gustavo Villarroel, são listados como testemunhas na denúncia oferecida.
Ritinha, como é conhecida a ex-procuradora da AL, presa em agosto de 2015 na operação Dama de Espadas, contou em delação que o governador Robinson recebia cerca de R$ 100 mil por mês, entre os anos de 2006 a 2010, através de contratações de servidores fantasmas das Assembleia Legislativa.
Robinson começou a presidir a Assembleia em 2003.
Ritinha revelou que a partir de 2006 ele passou a determinar a inclusão, na folha de pagamento, de pessoas que "não exerciam quaisquer funções no órgão, com o único objetivo de desviar recursos públicos oriundos de suas remunerações em favor do presidente e de outras pessoas".
Rita afirmou que inicialmente foram nomeadas pessoas para cargos em comissão que existiam na estrutura do Legislativo, mas que não exerciam nenhuma atividade. O pagamento era feito por meio de cheques-salário que eram descontados pelo envolvidos no esquema dentro de uma agência na própria assembleia e eram repassados ao governador através de assessores dele.
Segundo a delatora, quando não havia mais cargos disponíveis na AL, o então presidente mandou que fossem incluídas pessoas na folha para recebimento de gratificações. Quando esse tipo de nomeação também se esgotou, o grupo encontrou outra solução para continuar os desvios.
"A terceira modalidade de desvio surgiu em razão da inexistência de cargos comissionados livres e da extrapolação do número de gratificações passíveis de serem concedidas. Diante deste cenário, de acordo com Rita das Mercês, Robinson Faria determinou a arregimentação de pessoas e a simples inclusão na folha de pagamento, sem que fossem nomeadas para algum cargo ou mesmo designados para o recebimento de gratificação", diz o documento.
As investigações contra o governador Robinson Faria surgiram a partir da Operação Dama de Espadas, do Ministério Público Estadual, que apurava a existência de servidores fantasmas na Assembleia Legislativa. E avançaram em outra operação, a Candeeiro, que levou para cadeia o filho de Rita das Mercês, Gutson Reinaldo, acusado de comandar esquema que desvio pelo menos R$ 19 milhões do Idema-RN.
Gutson foi o primeiro a fechar acordo de delação premiada. Como ele citou o governador Robinson, que tem foro privilegiado, o caso chegou ao Superior Tribunal de Justiça. Um dos principais alvos da operação, a ex-procuradora procurou diretamente o MPF para propor a delação. Outro filho dela, Gustavo Villarroel, também fechou acordo.
* Com as informações do G1 - RN
LEIA MAIS

# # # - A CÂMARA MUNICIPAL DE BARAÚNA É UM PARLAMENTO SILENCIOSO NÃO É PARLAMENTO, MAIS UMA INGANAÇÃO RIDICULA E VERGONHOSA - # # #


General Mourão volta a cena e fala em intervenção militar

Sem medo de ser ridículo, o PT esfola Palocci 

Estalando de pureza moral, o PT abriu nesta segunda-feira processo ético-disciplinar para expulsar Antonio Palocci dos seus quadros. Fez isso por meio do diretório de Ribeirão Preto, cidade natal do companheiro tóxico.
Preso em Curitiba, Palocci cometeu o crime político de confirmar algo que a Lava Jato já revelara a todo país: a Odebrecht bancou confortos de Lula e despesas do PT. O próprio Palocci, antes visto como um petista de mostruário, cuidava dos detalhes.
Na semana passada, num depoimento em que se revelou capaz de tudo, menos de se defender convincentemente, Lula chamou Palocci de mentiroso. Daí a deflagração da ofensiva para esfolar o herege de Ribeirão.
O PT ainda não se deu conta. Mas poderia ser um partido bem diferente se, de repente, por um milagre, baixasse em suas instalações uma epidemia de ridículo. O problema é que é impossível ser ridículo dentro de uma fábula.

Josias de Souza | O Brasil virou um país corrupto

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

# # # - FOTO DO DIA. - # # #

# # # - CAMILA, NILMA E NOSSA QUERIDA IRMÃ RITA QUE ANIVERSARIOU NESTE SÁBADO PROXIMO PASSADO, COMPLETOU A BELISSIMA IDADE DE 70 ANOS E EU, LEVAMOS OS NOSSOS DESEJOS DE QUE ESTA DATA SE REPITA POR MUITOS MAIS ANOS DEIXANDO ESSA ALEGRIA QUE ELA LEVA A ONDE VAI, EM CADA CELEBRAÇÃO DA SANTA PALAVRA DE DEUS, PARABÉNS RITA, DEUS TE ILUMINE SEMPRE, ESSE SÃO OS VOTOS DE DANIEL E NILMA CASAL COM CRISTO. - # # #